Nanando e Moyses Cohen

Chegou a hora de cantar a liberdade
Espalhar pela cidade
Um gesto de amor e igualdade
É preciso respeitar as diferenças
Qualquer que seja raça, cõr, partido ou crença
Queremos luz, fraternidade e muita paz
Em toda parte os direitos são iguais

Vem meu irmão que eu te estendo a mão
O preconceito vai virar…. Poeira!
O mundo inteiro num abraço universal
Fazer da vida um eterno carnaval
(bis)

Educação, amizade e gentileza
Respeitar a natureza
O dever é preservar
Nosssa casa é o planeta
O amanhã vem com certeza
Vamos deixar tudo no lugar

Raiou o dia e vejo lá no horizonte
Um bloco lindo, animado e sem fronteira
Hoje tem samba alegria e brincadeira
Vem!… Tem sá pereira! (chegou…)
(bis) Campeã – Sá Pereira Estende Sua Mão