Igor Codeço

Deixa o rio correr; Deixa o mar derramar
Essa onda que invade o meu coração
Deixa a paz renascer no esplendor da canção
Deixa a gente brincar no carnaval de folião
Deixa a lua brilhar; E o sol resplandecer
Deixa a luz da esperança de novo nascer
Deixa que a Liberdade viva por inteira
Deixa a gente pular no carnaval da Sá Pereira
Pular, pular…. no carnaval da Sá Pereira
Pular, pular…. pra só parar na quarta-feira
Deixa o homem saber que ele é filho da Terra
Ele é filho do amor, deve esquecer a guerra
Deixa o homem aprender com o fulgor da criança
Deixa a gente viver na alegria da dança
Deixa o mundo girar; Deixa o sonho crescer
Deixa a flor da Igualdade jamais fenecer
Deixa a gente rodar na ciranda primeira
Deixa a gente pular no carnaval da Sá Pereira
Pular, pular…. no carnaval da Sá Pereira
Pular, pular… e só parar na quarta-feira Deixa o Rio Correr<br> no Carnaval da Sá Pereira