Luiz Mors Cabral e Alziro Carvalho Neto

Não vou calar
Vou dar minha opinião
Sua escola sem partido
Partiu o meu coração!

Alô Sá Pereira!

Sambaqui, sambaqui
Manifestação primeira
Sambaqui, sambaqui
Pela costa brasileira
Samba aqui, samba aqui
Eu não vou marcar bobeira
Dou meu recado no Bloco da Sá Pereira

No princípio era o verbo
E do verbo fez-se ideia
BUM! KABUM! O Big Bang
No meu samba vira onomatopeia

Metáfora, hipérbole
Ironia e gradação
Explosão de alegria dentro do meu coração

Tô no bloco, tô na rua
Tô no meio do batuque
Tô no bloco não vou ver Instagram nem Facebook
Tô no bloco, tô na rua
Dei like no Carnaval
Olho no olho esquece a mídia social

No WhatsApp, notícia falsa tem um monte
Não conte comigo, tô atento ao perigo
Sempre checo a fonte.

Deleta, dá reply e aperta o Send
É conversando que a gente se entende!
Hoje eu uso emoji, hieróglifo não me serve
Guttenberg, Graham Bell e Zuckerberg

Sambaqui, sambaqui
Manifestação primeira
Sambaqui, sambaqui
Pela costa brasileira
Samba aqui, samba aqui
Eu não vou marcar bobeira
Dou meu recado no Bloco da Sá Pereira Do Sambaqui ao Samba Aqui