Daniel Sztajnberg

Eu tive um sonho, de um mundo tão feliz.
Não havia fome, em nenhum país.
Todos tinham tudo, o que sempre quis.
Acordo assustado com a realidade do meu país:
Fome de escola, fome de lazer. Fome de cultura, fome de saber

Será que assim no “states”? Será que é assim no Japão?
Será que assim em Angola? Será que coisa melhora?

Refrão:
Eu não como hot dog, eu prefiro um Tacacá!
Não me venha de hambúrguer, mas me traz um caviar.
Se tu vem de foie grois, eu pergunto: o que que há?
Minha fome é brasileira, eu prefiro um vatapá.

Você tem fome de quê? Você quer um brigadeiro?
Se você quer um salgado, eu te dou um pão de queijo.
Se é pra pegar a estrada, um arroz de carreteiro.
Se a fome está “braba”, acaí, Feijão Tropeiro. Fome Brasileira