Bernardo Bicharra e Fernando Pinto

Como é tão lindo
Mais este dia de graça
Ouvir o som da cascata
E o puro canto do sabiá
Que noite linda, mais lindo este luar (Deusa Jaci)
Pelo clarão da lua
Eu vi o boitatá chegar

Foi, foi o gigante Mapinguari
Com seu uivar anunciou
Para o cortejo prosseguir
A natureza se encantava
Pois a magia transformou
Toda tristeza que restava
Num grande e celestial amor

Caipora gritou: (Diz aí!!) – Quem vem lá?
O Saci Pererê, Curupira, Iara
Tem quilombola vestindo sua bata
Viva Jurema e o povo dessas matas

Eu vim cantar, a maior beleza que já se viu…
Se o nosso povo não preservar,
Não vai ter motivo pra sorrir
E o amanhã só depende de nós
Canta Sá Pereira, faz da natureza sua voz
Canta Sá Pereira, faz da natureza toda voz!