Nanando e Moyses

Hoje sou samba da cabeça aos pés
O coração está tomado de folia
Escuto ao longe o rufar de um tambor
E meu olhar colore tudo em fantasia

Vou sambando todo dia
Eu sou do ziriguidum
O meu corpo é alegria
Só não vale soltar pum bis

Carnaval ô
Juntar amigos dividir a emoção
Quero tocar a pele do meu tamborim
Ouvir o som a bateria é uma orquestra
Um mundo a parte que reflete as diferenças
Sentir o cheiro do perfume dessa festa

Eu solto um grito de felicidade uh!
Não tem idade para ser feliz
O bloco passa é só zoeira
Gostoso mesmo é sambar na Sá pereira