Monique Aragão

Eu sou um pequenino grão de areia
diante deste céu sem fim
mas sem os pequeninos grãos de areia
não existiriam os planetas e as estrelas

Eu sou um pequenino grão de areia
diante deste céu sem fim
mas sem os pequeninos grãos de areia
não existiria mar algum

Mas com um zoom,
mesmo pequenininho assim,
eu posso ver
o universo que existe aqui em mim
e bem juntinho de você,
índio, caboclo, mulato, mameluco

Formamos uma enorme
faixa de areia, sim senhor
Formamos uma praia e
o deserto do Saara

(Bis)
Pois toda a ciência
e a filosofia
cabem num pequeno grão
de poesia

(Bis)
Ei, ei, ei!
Sá Pereira,
me mostra o que é que tem
nesse mundão sem fim

Ó, Sá Pereira
me ensina a enxergar
o céu que tem dentro de mim Um grão de poesia