Oswaldo G. Pereira

Nesse carnaval
Vou pegar uma panela de metal
E vamos lá batucando
Vamos lá remexendo sem parar
Quem quiser chegar
Vem seguindo esse cheiro
De tempero pelo ar

Você tem fome de quê?
O meu bloco quer saber
Desse apetite que nos faz crescer

Você tem fome de quê?
O meu bloco quer saber
Desse apetite que nos faz crescer

Tucupi, sashimi
Com petit pois
Eu já posso até voar
Pro Pará, pra Paris e Japão
Vatapá, mungunzá
Fazem meu pensamento
Guardar o tempo em que nasceu
Meu avô no sertão

Pão-de-queijo, tutu com torresmo
Bom mesmo é ficar de férias
Com meus avós no interior
A alegria oferece fruta na feira
A poesia que eu aprendo na Sá Pereira
Tem tanto sabor

Mas vejo tanta gente esquecida
Sem caminho e sem comida
Estrelas perdidas do próprio calor
Que vou semear no vento
O alimento de que o mundo mais precisa
Que se chama amor Você Tem Fome de Quê? (1)